Clique na imagem para saber mais de meus interesses e de meus produtos criativos. Contate-me!

Arvores vermelhas


   

"Nos anos depois da segunda guera, o Brasil vai abrir os braços para milhões de sobreviventes de tantas vilas, guetos e cidades destroçadas pela guerra. Judeus, tchecos, alemães, poloneses, italianos, russos, japoneses, húngaros, austríacos e ate nazistas. Um pais onde povos nativos, portugueses e ex-escravos  africanos coexistem. A nação mais miscigenada da terra. Nas palavras de Jean Baudrillard, se a esperança da humanidade um dia acabar, deve-se buscar inspiração no Brasil"

"Um lugar onde a sensualidade e a beleza não são luxos e sim a essência da vida."

"Violência, dor, catástrofe, abundancia, cor e som, tudo acontece de uma vez e no volume máximo."

Textos do filme  Arvores vermelhas, de Marina Willer

Paraíso


Instalação "Paradise" de Oscar Oiwa. Casa do Japão São Paulo, 2018.
Desenho usando Caneta Marcadora em folha de Vinil.

Um mosaico?

A imagem pode conter: atividades ao ar livre

Nenhum texto alternativo automático disponível.
O túmulo do dançarino Nuréyev em Paris.

A tapeçaria não é de tecido, é feita de azulejos muito pequenos de cores diferentes. 
A textura e as dobras são de um realismo incrível!
O túmulo foi desenhado pelo italiano Ézio Frigerio, grande amigo do dançarino, a partir da cenografia do ballet Romeu e Julieta sendo uma das atrações do cemitério comunal de Sainte-Geneviève-Des-bois, na área metropolitana de Paris. conhecido popularmente como o "Cemitério Russo", porque uma parte muito importante de sua superfície está ocupada por mais de 5.000 sepulturas de imigrantes russos ou franceses de origem russa.


Habitação

Tim Norris especializa-se em obras esculturais ao ar livre em grande escala, o seu trabalho inspira-se na paisagem circundante e, quando possível, utiliza materiais naturais indígenas, em combinação com peças recicladas.


A imagem pode conter: árvore, planta, atividades ao ar livre e natureza







Spring-CotteResultado de imagem para Tim Norris

Escaravelhos


 Fotografia de um trabalho atribuído a Mr. Haldane 

Na civilização egípcia o escaravelho era símbolo cíclico do sol e da ressurreição. Era usado como amuleto porque se pensava que encerrasse em si mesmo o princípio do “eterno retorno”. Esses besouros eram adorados no culto que se prestava ao deus Khepera, também chamado de Ra. Essa divindade, considerada criador e pai de todos os deuses, tinha a figura de um corpo humano, mas uma cabeça de escaravelho.

Premiado


O nascer do Sol com os chuveirinhos na Chapada dos Veadeiros venceu o prêmio principal do Internacional Garden Photographer of the Year 


O trabalho do fotógrafo Marcio Cabral está ajudando a divulgar ao mundo o mais ameaçado dos biomas do país. No fim do ano passado, o brasileiro foi um dos vencedores do Wildlife Photographer of the Year, considerado o principal concurso internacional de fotografia de natureza. Nesta sexta-feira, ele foi coroado com o International Garden Photographer of the Year (IGPOTY), a principal premiação de fotografia de plantas. Em ambos os concursos, foram imagens do Cerrado que cativaram os jurados.
Leia mais

Rhein II

Andreas Gursky (b. 1955), Rhein II, 1999. Imagem 73 x 143 pol (185,4 x 363,5 cm).  Vendido por US $ 4.338.500 em 8 de novembro de 2011 na Christie's em Nova York © Andreas GurskyDACS, 2017 Cortesia Sprüth Magers
Andreas Gursky (b. 1955), Rhein II , 1999. Imagem: 73 x 143 pol (185,4 x 363,5 cm). Vendido por US $ 4.338.500 em 8 de novembro de 2011 na Christie's, em Nova York © Andreas Gursky / DACS, 2017 Cortesia: Sprüth Magers 

Rhein II , uma impressão de três metros de largura que Andreas Gursky realizou, 
tornouse a fotografia mais cara vendida em leilão até à data.  

O infinito agora

   

Depoimento de Armand Dijcks
"Ao longo dos últimos meses, trabalhei com o fotógrafo australiano Ray Collins para trazer suas incríveis oceanscapes à vida sob a forma de cinemagraphs, uma mistura entre fotografia e vídeo. Cada um é criado a partir de um dos alambiques de Ray, e o configura em movimento infinito, fazendo um momento único no tempo para sempre."